Sistema Estomatognático e a Odontologia






O sistema estomatognático é o conjunto de ossos, músculos, articulações, dentes, língua, lábios, bochechas, glândulas, artérias, veias e nervos envolvidos no processo de mastigação, deglutição, respiração e fonação.

As funções do sistema estomatognático estão ligadas entre si porque funcionam com a mesma base estrutural. Essas funções orofaciais são desempenhadas a partir da interação dos tecidos moles e duros, do sistema vascular e também do controle neural, sendo que, neste processo, a função e a morfologia estão intimamente ligadas, pois não só a condição harmônica das estruturas interfere diretamente no equilíbrio do comportamento muscular, como as funções também interferem diretamente no crescimento e desenvolvimento craniofacial.  Qualquer disfunção pode refletir em uma outra unidade. A estabilidade do sistema permite uma boa saúde física e psicológica.

O comprometimento de alguma dessas estruturas determinará problemas funcionais e prejudicará sobremaneira a qualidade de vida dos acometidos, inclusive causando problemas que a Odontologia pode atuar.


Para que consiga exercer suas funções, sua eficiência depende de quatro elementos: articulação temporomandibular, componente neuromuscular, superfícies e pressões oclusais e periodonto.

Articulação temporomandibular (ATM)

A ATM é uma articulação que faz a ligação maxilar ao osso temporal do crânio, que fica à frente das orelhas, nas laterais da cabeça.

Chamada de temporomandibular, essa articulação é uma das mais complexas do corpo humano, e, por ser extremamente flexível, é responsável por todos os movimentos da mandíbula: para frente, para trás e para os lados.
Componente neuromuscular

Refere-se ao conjunto musculoesquelético ligado ao sistema nervoso central. Alguns exemplos: músculos de mastigação, da expressão facial, supra-hióideos, da língua, do palato, do trapézio e esternocleidomastóideo.

Superfície e pressões oclusais

Parte da área oclusal dentária que interfere na oclusão. Um exemplo é a mastigação, com sua função de triturar e cortar a comida. Para aplicar maior pressão ao alimento, os dentes incisivos e caninos são fundamentais. Já para a superfície, é melhor a ação dos molares.

Os pré-molares, por sua vez, funcionam como o meio-termo entre os citados. Ou seja, são ideais tanto para partir quanto para mastigar o alimento.

Periodonto

Fixam e sustentam os dentes. São formados pelo osso alveolar, gengiva marginal, cimento e fibras periodontais. No estomatognático, em especial, está presente o ligamento periodontal.

Assim, no que diz respeito à área odontológica do sistema estomatognático, uma má oclusão, uma incorreta atividade da ATM ou um mau condicionamento dos tecidos musculares da região da cabeça e do pescoço, podem comprometer outros aparelhos, como os de mastigação, fonação e respiração.

É importante lembrar que as desproporções dentárias e esqueléticas presentes podem contribuir para alterações no desempenho motor oral, com impacto nas funções orofaciais. A consideração de todos esses aspectos possibilita melhor direcionar o processo de reabilitação fonoaudiológica na área de motricidade orofacial após a intervenção ortodôntico-cirúrgica.

Odontologia é a área da saúde humana que estuda e trata o sistema estomatognático - compreende a face, pescoço e cavidade bucal, abrangendo ossos, musculatura mastigatória, articulações, dentes e tecidos.  Os Drives virtuais de Odontologia que possuímos procura abranger várias áreas de atuação! Clique aqui e conheça!


Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário