Entenda como atua a Ortopedia Veterinária







ortopedia veterinária é uma especialidade que estuda, diagnostica e trata casos de traumatologias (luxações e fraturas) e patologias relacionadas aos ossos, músculos, articulações e ligamentos dos pets. Essa especialização surgiu com o avanço da veterinária e tem como objetivo oferecer melhor tratamento aos animais e proporcionar a eles alívio de dores e mais qualidade de vida.

A ortopedia em pequenos animais cuida da estrutura esquelética dos mesmos, sendo considerada uma das especialidades que mais crescem. A locomoção faz parte da qualidade de vida dos pets. Estes, estão cada vez mais presentes nos lares brasileiros e alcançaram uma expectativa de vida maior. O que muitos tutores esperam e que estes animais consigam alcançar a velhice mantendo o bem-estar. Assim, existe uma demanda muito grande por serviços ortopédicos.

Quais as áreas de atuação da ortopedia veterinária?

A maioria dos acidentes e ocorrências ortopédicas que envolvem animais domésticos são gerados em função de casos corriqueiros de batidas e quedas. Embora não tragam tanto prejuízo a vida dos pets em comparação com outras patologias mais agressivas, as lesões e patologias ortopédicas animais podem acarretar alterações permanentes na estrutura e rotina saudável dos pets, muitas vezes comprometendo mobilidade e bem-estar de forma abrupta.

É, justamente, a especialidade que irá tratar todo tipo de lesão, desde fratura até luxações que possam debilitar ossos, musculatura, articulações e ligamentos, fazendo avaliações detalhadas em busca de complicações, prezando pela integridade de cada paciente e proporcionando meios para uma recuperação plena e saudável.

Dentre as patologias e lesões mais comuns na ortopedia veterinária estão:

1 – Artrose: alterações degenerativas na cartilagem articular resultando em lesões na coxofemoral, coluna vertebral, joelhos e cotovelos. Os sintomas mais visíveis são os de dificuldade na realização de tarefas simples como andar, brincar, correr e outros, afetando o espírito natural de dinamismo e alegria do pet por um aspecto de quietude e tristeza.

2 – Displasia Coxofemoral: patologia caracterizada pela degeneração da articulação da bacia com a cabeça do fêmur. Provoca complicações de mobilidade aos pets, dificultando sua locomoção, tanto na caminhada quanto na corrida e pulos. Acomete, em geral, animais de médio e grande porte. 

3 –Ruptura de Ligamento Cruzado: ocorre, na maioria dos casos, após uma ruptura crônica por fadiga progressiva das estruturas do joelho. A ruptura provoca o deslizamento do fêmur sobre a tíbia, podendo ocasionar novas complicações como a lesão de menisco.

4 – Luxação Patelar: é caracterizada pelo desencaixe das articulações da região do joelho, causando muita dor e significativa perda de mobilidade ao pet. Os sintomas variam de somente dor até rotação extrema do membro. É uma lesão clinicamente dividida em 4 graus distintos e seu tratamento depende da sintomatologia observada em cada caso concreto. 

5 – Fraturas e Traumas: causada por diferentes motivos, desde acidentes, batidas mais bruscas e até excesso de peso, são ocorrências bem corriqueiras nos centros de ortopedia veterinária. 

6 – Displasia de Cotovelo: é caracterizada pela má formação dos componentes ósseos da articulação do cotovelo, resultando em um desnivelamento entre rádio e ulna ou tróclea mal formada. 

7 – Necrose Asséptica da Cabeça do Fêmur: acomete, na maioria dos casos, cães de porte pequeno, exibindo atrofia muscular, encurtamento do membro dolorido e dor ao movimento passivo da articulação do quadril.

8 – Síndrome do Cão Nadador: uma anormalidade no desenvolvimento de filhotes caracterizada pela dificuldade de locomoção. Se manifesta já nas primeiras duas a três semanas de vida, observada pela hiperextensão das articulações dos joelhos e jarrete, além da articulação coxofemoral hiper fletida bilateral. A dificuldade em manter-se em pé logo resultam em fraqueza e debilidade.  

Serviços a oferecer

1) O serviço de atendimento e cirurgia é um dos principais atendimentos que uma ortopedia veterinária deve ter. É preciso que a clínica disponha de todo o aparato necessário para realizar os primeiros atendimentos e providenciar cirurgias de grande complexidade quando necessário. É função dessa clínica, além de oferecer a infraestrutura necessária, também fornecer aos donos dos animais relatórios de atendimento com retorno ao estabelecimento sempre que necessário.

2) Acupuntura – É um método terapêutico chinês que tem como objetivo a obtenção do equilíbrio energético, nesse caso, dos animais. É realizado com a introdução de agulhas em locais específicos do corpo dos bichanos para controlar doenças que causem desequilíbrio no corpo. Pode ser usado no tratamento de dores, doenças crônicas ou osteomusculares e sistêmicas. 

3) A ortopedia propriamente dita é realizada para doenças que causam danos aos ossos, músculos, ligamentos ou articulações, por exemplo. Local onde ele contará com atendimento necessário para diagnosticar doenças, ou intervenções necessárias.

4) Na fisioterapia, seu animalzinho disporá de uma estrutura criada para se fortalecer e voltar a esbanjar saúde. Consiste na utilização de aparelhos que possam aliviar sua dor, relaxar o músculo ou fortalecer sua musculatura.

5) Hidroterapia. Sim nessas clínicas também há tratamento com água para o seu melhor amigo. Esse método tem efeitos no sistema nervoso, térmico e circulatório com objetivos parecidos ao da fisioterapia, mas utilizando a água como instrumento de recuperação.

A ortopedia veterinária atua principalmente com fraturas, traumas, luxações e artroses, que podem ser causadas por quedas, acidentes, alterações degenerativas e genéticas. O ortopedista veterinário deve ser qualificado e atualizado com as novidades da área para reabilitar o animal, e garantir seu bem estar e qualidade de vida. O curso de Ortopedia Veterinária aborda exame ortopédico completo, tratamentos, principais doenças ósseas e articulares, anatomia e muito mais. Clique aqui e saiba mais!


Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário