Como atuar na Psicologia do Esporte?



 


Psicologia Esportiva, ou Psicologia do Esporte, é uma área de estudo da Psicologia que visa promover a melhoria da qualidade de vida e do desempenho esportivo dos atletas.

A Psicologia esportiva complementa o treinamento físico dos atletas auxiliando a desenvolver aspectos favoráveis, como: auto-controle, saúde mental, comunicabilidade, relações pessoais, liderança e motivação. O trabalho do psicólogo do esporte se faz importante ao favorecer um maior entendimento sobre os sentimentos, pensamentos e emoções que podem interferir na prática esportiva. Também atua nas relações que permeiam o ambiente esportivo.

Para o profissional que quer trabalhar nessa área, é preciso ter uma formação abrangente apontando como sendo quatro os campos de aplicação da Psicologia do Esporte:

O esporte de rendimento que busca a otimização da performance numa estrutura formal e institucionalizada. Nessa estrutura o psicólogo atua analisando e transformando os determinantes psíquicos que interferem no rendimento do atleta e/ou grupo esportivo.

O esporte escolar que tem por objetivo a formação, norteada por princípios sócio-educativos, preparando seus praticantes para a cidadania e para o lazer. Neste caso, o psicólogo busca compreender e analisar os processos de ensino, educação e socialização inerentes ao esporte e seu reflexo no processo de formação e desenvolvimento da criança, jovem ou adulto praticante.

Já o esporte recreativo visa o bem-estar para todas as pessoas. É praticado voluntariamente e com conexões com os movimentos de educação permanente e com a saúde. O psicólogo, nesse caso, atua na primeira linha de análise do comportamento recreativo de diferentes faixas etárias, classes sócio-econômicas e atuações profissionais em relação a diferentes motivos, interesses e atitudes.

Por fim o esporte de reabilitação desenvolve um trabalho voltado para a prevenção e intervenção em pessoas portadoras de algum tipo de lesão decorrente da prática esportiva, ou não, e também com pessoas portadoras de deficiência física e mental.

A linha mais procurada pelos profissionais e mais reconhecida pela sociedade

Um dos principais trabalhos do profissional de psicologia esportiva é entender o mecanismo de motivação do atleta, entender porque ele buscou o caminho do esporte. A identificação deste aspecto é de suma importância no processo de auxílio psicológico.

Vários motivos podem levar uma pessoa a entrar para o esporte: estímulo da família, vontade de mudar de vida, identificação com um ídolo, talento natural, etc.

Trabalhando o mecanismo de motivação o profissional de psicologia esportiva consegue renovar e manter sempre acesa a vontade de competir no esportista. Quando o atleta alimenta tal vontade, inevitavelmente o desempenho melhora e surpreende os adversários.

Para atingir tais objetivos práticos, o profissional de psicologia esportiva se concentra em 4 aspectos de trabalho com o atleta: Planejamento, Cinestesia, Concentração e Suporte Emocional.

  • Planejamento: O planejamento é a primeira fase do trabalho de psicologia esportiva, é a fase principal. É no planejamento que o atleta, psicólogo e treinador definem os objetivos dos trabalhos. É também na fase de planejamento que o alcance do treinamento e os objetivos finais são determinados.
  • Cinestesia: este é termo que poucos conhecem, é a sensação do movimento e está relacionada com a chamada Inteligência Espacial, um dos 7 Tipos de Inteligência. Muitos já ouviram a frase de que a dor é companheira constante dos atletas de alto nível, ela pode até aparecer, mas não deve nunca ser suportada ou ignorada. Quando é identificado que um atleta está com sofrimento físico ou psicológico decorrente dos treinamentos, ele deve sempre procurar o profissional de psicologia esportiva para ser aconselhado e o seu fisioterapeuta para ser tratado. Juntos estes profissionais podem melhorar e muito a qualidade dos treinamentos, ajudando o atleta a tornar seus movimentos mais precisos, fortes e elegantes.
  • Concentração: é o trabalho de maior profundidade e complexidade psicológica, visa trabalhar com o atleta a questão do foco, ele deve se concentrar naquilo que é realmente importante. De um modo geral, tudo em uma competição colabora para que o atleta perca o foco: nervosismo, provocações dos adversários, vaias da torcida. Todos estes acontecimentos podem afetar seriamente o lado da psicologia do atleta em uma competição. Antes de entrar para competir, o atleta já deve ter a sua mente preparada para lutar contra todos os aspectos desfavoráveis e estar forte contra as adversidades.
  • Suporte Emocional: O suporte emocional ao atleta está diretamente ligado aos seus resultados: do mesmo modo que uma derrota pode diminuir a confiança de um atleta, muitas vezes uma vitória também pode atrapalhar! As vitórias podem gerar excesso de ego e confiança no competidor, isso não é bom pois quando está com o ego inflado, o atleta tende a relaxar nos treinamentos e acaba sendo superado. O trabalho de suporte emocional feito pelos profissionais de psicologia esportiva visa manter o atleta sempre equilibrado e humilde no seu comportamento, esse é o comportamento do verdadeiro vencedor.
A Psicologia do Esporte tem como meio e fim o estudo do ser humano envolvido com a prática de atividade física e esportiva competitiva e não competitiva. Esses estudos podem abarcar os processos de avaliação, as práticas de intervenção ou a análise do comportamento social que se apresenta na situação esportiva a partir da perspectiva de quem pratica ou assiste ao espetáculo

Para concluir

Associe a neurociência aos seus treinos e aumente o desempenho esportivo de seus alunos. Conheça as evidências científicas mais recentes sobre neurociência, psicologia, esporte e comportamento e aprenda a superar os limites dos seus alunos de maneira simples e prática. Compreenda o quão é importante manter corpo e mente alinhados para elevar suas aulas a um novo patamar e surpreender seus alunos! Conheça o curso Neurociência e Desempenho Esportivo. Clique aqui e saiba mais

A EducaPsy é a Principal Escola Online do Mercado PSY. Agora você terá a sua disposição os melhores cursos em um só lugar. Urgências Psiquiátricas, Suicídio e Comportamento Suicida, Transtornos de Humor, Transtornos Psicóticos, Transtornos de Ansiedade, Transtornos de Personalidade, Transtornos Alimentares, entre muitos outros! Clique aqui e saiba mais!


Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário