Como a Fonoaudiologia pode usar o Laser?





Na área da saúde, o laser pode ser classificado como de alta ou baixa potência. O laser de alta potência é de uso médico e odontológico e podem gerar danos programados ao tecido sendo, portanto, utilizados para fins cirúrgicos.

Já o laser de baixa potência apresenta menor intensidade. Por essa razão, fornece ao organismo energia suficiente para promover mudanças bioquímicas no meio intracelular, como aumento da produçãode ATP e ativação de enzimas antioxidantes, permitindo que o organismo retome sua homeostase e seu bom funcionamento.

O laser de baixa potência é um grande aliado nos atendimentos de fonoaudiologia. O laser é um grande aliado em diversas áreas de atuação,
sobretudo relacionadas à motricidade orofacial, à disfagia, ronco, paralisias
faciais, potencialização do treino miofuncional em estética, auxiliando na readequação de posturas e funções, voz e outras patologias.

Além disso, o laser é bastante utilizado para a modulação do fluxo salivar, tanto em pacientes com xerostomia que se beneficiam da normalização da saliva quanto em casos neurológicos nos quais o objetivo é a redução do volume de saliva. Também contribui para a melhora da sensibilidade intraoral em paciente com atraso na deglutição. 

A terapia com laser na fonoaudiologia também auxilia em:

- DTM E CIRURGIA ORTOGNÁTICA;

-  AMAMENTAÇÃO;

- ALTERAÇÕES NO SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO;

- SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO

ESTÉTICA;

- DISFAGIAS;

- VOZ;

- AUDIOLOGIA;

- LINGUAGEM.

Já no treino muscular, os benefícios do uso do laser são potencializados, acelerando o ganho de força, reduzindo a fadiga e melhorando o desempenho
dos músculos durante a execução de diversas funções, como a fala e linguagem.

Além disso, por ser um excelente aliado nas patologias que envolvem alterações do sistema nervoso, sobretudo periférico, contribui para melhora da sensibilidade intraoral em pacientes com atraso no disparo do ato motor da deglutição. O contrário também é possível, sendo utilizado para inibição em casos de hipersensibilidade, como nos reflexos patológicos, que muitas vezes atrapalham a estimulação fonoaudiológica, a introdução de utensílios ou a higienização oral, por exemplo.

Outras aplicações mais difundidas, como nas paralisias faciais, parestesias e dores neuropáticas também são um grande campo para utilização da laserterapia em Fonoaudiologia.


Para ESTUDANTES e PROFISSIONAIS de FONOAUDIOLOGIA

Tenho 2 cursos incríveis para indicar sobre Laserterapia na Fonoaudiologia. O primeiro é um congresso completo online só sobre LASERTERAPIA. Clique aqui e saiba mais.
O segundo é um curso de Laserpuntura, com uma excelente professora e conteudo completo. Clique aqui para saber mais!


Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário