Como fazer o planejamento de aulas no Pilates e Treinamento Funcional?





Tanto o pilates, quanto o funcional, têm inúmeras peculiaridades e apresentam diversos benefícios quando praticadas individualmente. Mas, quando usadas de forma complementar, podem produzir efeitos ainda mais interessantes.

Enquanto o pilates proporciona ao praticante itens importantes, como consciência corporal, alinhamento postural, tonificação dos músculos, melhora da respiração, da coordenação motora e aumento da flexibilidade, o treinamento funcional auxilia na perda de peso, aumenta a força, o volume dos músculos e a resistência, já que desenvolve um excelente trabalho cardiorrespiratório.
A vantagem de unir as duas atividades? Atender aos objetivos dos mais diversos tipos de clientes que frequentam a academia, oferecendo um trabalho completo, que prepara e delineia o corpo, além de prevenir e tratar lesões.

Na hora de fazer o planejamento de cada aula, muitos profissionais têm dúvidas. Será que realmente preciso usar sempre os mesmos exercícios? Como fazer para que as aulas sejam dinâmicas sem perder seu propósito?

Por Que o Repertório de Exercícios é Importante?

Com tais dúvidas em mente, encontramos dois tipos de profissional. O primeiro é inseguro e mantém-se apegado a uma pequena lista de exercícios que conhece muito bem. Eles são eficientes, funcionais, mas nada variados.

As aulas desse primeiro tipo de profissional trazem resultados, mas depois dos primeiros meses ficam repetitivas. Ele teme que seus alunos deixem de praticar porque estão ficando entediados e resolveram trocar o funcional ou Pilates por outra atividade física.

Também temos o profissional que quer deixar suas aulas variadas de qualquer jeito e recorre ao famoso Google para conseguir ajuda. Ele adora artigos do tipo "50 exercícios para sua aula de Pilates" e gosta de usar novidades toda semana.

Apesar disso, esse instrutor não consegue muitos resultados reais com seus alunos. Sua vontade de inovar não vem junto de um planejamento eficiente e a perda de qualidade é notável.

O ideal é ser diferente desses dois tipos de profissionais, tendo uma variedade grande de exercícios que tenham objetivo. Será que é possível?

Como o MIT Pode te Ajudar?

No curso MIT ensino profissionais a utilizar exercícios de Pilates e funcional para conseguir uma aula mais completa, dinâmica e envolvente.

Ao combinar técnicas você já consegue aumentar relativamente seu repertório de exercícios, mas existe algo ainda melhor: conhecer os movimentos profundamente.

Através de conceitos biomecânicos, o profissional é capaz de alterar suas aulas e incorporar mais exercícios úteis para seu objetivo.

Ao invés de utilizar exercícios aleatórios que talvez deixem a aula mais interessante, você consegue aplicá-los de forma funcional. Não é muito melhor?

Esses conceitos também são fundamentais para criar variações mais simples ou dificultadas de exercícios. Portanto, sua aula fica mais completa, traz mais resultados e deixa o cliente, seu aluno, mais satisfeito

Por isso, eu recomendo o  Curso MIT - Movimento Inteligente. É treinamento funcional, pilates e terapia manual juntos. Utilize o melhor de cada técnica de forma inteligente para gerar resultados extraordinários. Clique aqui e saiba mais.

Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário