Diferença do Enfermeiro tradicional para o Enfermeiro do trabalho





A Enfermagem do trabalho é um curso de especialização que tem ganhado destaque nos últimos anos pela necessidade de prezar pela saúde do trabalhador no ambiente da empresa em que atua. Esta não é uma área nova. Na verdade, há muitos anos a Lei Trabalhista trata da manutenção da segurança e da saúde dos empregados, e a presença de um enfermeiro para tal atividade é fundamental.

O profissional especializado em enfermagem do trabalho atua diretamente na empresa, estando à disposição do trabalhador para atendê-los diante de qualquer contratempo relacionado à saúde. É uma figura muito importante, já que, quanto melhor a saúde dos funcionários, melhor será sua produtividade no ofício.

A principal diferença entre esses dois profissionais está relacionada às suas competências e ao ambiente de trabalho. Enquanto o enfermeiro do trabalho cuida dos colaboradores de uma instituição, o enfermeiro tradicional atua chefiando e supervisionando o trabalho da Enfermagem diretamente com os pacientes em uma clínica ou hospital, por exemplo.

Além disso, o enfermeiro tradicional presta cuidados de Enfermagem de maior complexidade, incluindo situações em que os pacientes estão internados em unidades de terapia intensiva ou se recuperando de um procedimento invasivo. Ele pode ainda prescrever alguns medicamentos e agir na prevenção e no controle de infecção hospitalar ou outras doenças.

Sendo assim, o foco da atuação é bem diferente, até porque não é possível fazer o atendimento de um paciente dentro do ambiente corporativo.

Esse drive virtual online de Enfermagem do Trabalho que contém a Legislação e Política Nacional de Saúde do Trabalhador, material sobre Patologias Ocupacionais, Saúde Preventiva Ambiental e Ocupacional, Epidemiologia e Enfermagem do Trabalho. Clique aqui e saiba mais!



Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário