Cuidados com postura de crianças e jovens



https://pbs.twimg.com/media/CAfo32uUUAEoPY1.jpg

A ida das crianças e adolescentes para a escola gera muitas discussões que podem levar à má postura. Além das tradicionais questões levantadas, como o peso das mochilas e a grande quantidade de materiais que crianças e jovens carregam, existem outros itens igualmente importantes que também merecem atenção de pais e educadores, tais como calçados e mobiliário escolar inadequados que podem causar complicações na postura dos pequenos.

A importância dos cuidados em relação aos calçados, que não devem ser de salto alto, ou com solas muito duras. Ela chama atenção ainda para dois outros fatores: a prática regular de exercícios físicos e o mobiliário escolar, que muitas vezes não é adequado ao tamanho da criança.

A ausência de educação postural nas escolas primárias é uma grave falha. As crianças quando voltam das férias começam a enfrentar longos períodos na posição sentada em carteiras inadequadas, que resultam em posturas erradas, inclinadas e com os ombros caídos. Os maus hábitos começam a ser estabelecidos e se tornam automáticos.

Outro problema pode surgir em decorrência das dores na coluna: a falta de motivação. A criança que sente dores frequentes não se sentirá motivada a concentrar-se no estudo. Ela pode se tornar agitada e com problemas de comportamento, pois, para ela, permanecer em uma posição por muito tempo pode ser mais desagradável do que para seus colegas.

A sensibilidade dos pais é fundamental, já que os primeiros sintomas das deformações de coluna como hipercifose (aumento da curvatura da região dorsal), hiperlordose (aumento da curva na região cervical ou na região lombar) e escoliose (desvio da coluna vertebral que resulta em um formato de S) não se manifestam claramente. "Os sintomas iniciais são mínimos ou ausentes. Quando o problema é diagnosticado, já está gravemente instalado", alerta.


Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário