Tipos de Alas no Basquete





Geralmente, um time de basquete tem 2 ou 3 alas, dependendo do esquema de jogo proposto pelo técnico para os seus jogadores. Mas quais são as características de cada um?
Ala-armador
O jogador da posição 2, ou ala-armador. O ala-armador é responsável por auxiliar o armador nas saídas de bola, podendo muitas vezes substituí-lo nesta função, em caso de marcação avançada da equipe rival, mas também tem a função de pontuar, na maioria dos casos.
Normalmente, um ala-armador possui maior capacidade física do que um armador, por comumente ter que enfrentar marcadores maiores em trocas, porém possui habilidade similar, haja vista seu contato frequente com a bola no jogo corrido.
Os arsenais defensivos e ofensivos de um jogador desta posição devem ser dos maiores dentro de um time e geralmente o é. Ofensivamente, um ala-armador deve ter todas as armas possíveis, desde um arremesso longo até um gancho perto da cesta, já que ao longo de um jogo enfrenta todo o tipo de marcação. Devido às constantes trocas defensivas, o jogador desta posição também deve estar preparado para dificultar a vida de qualquer tipo de atacante.
Ala

Jogando na posição 3, um ala é o jogador que mais se aproxima dos dois extremos das posições do basquete, sendo rápido e habilidoso, aproximando-se dos armadores, além de alto e forte, ficando mais perto dos pivôs. Exatamente por essas condições, atualmente, os alas desempenham as demais funções em quadra com assiduidade.
Defensivamente, um ala pode ser capaz de marcar qualquer jogador. Pode ser colocado para cansar um armador, devido à sua imposição física, ao mesmo tempo em que consegue atrapalhar a vida de um pivô em uma eventual troca.
Ala-pivô
Entrando no garrafão, o ala-pivô é o jogador mais móvel jogando embaixo da cesta. Na posição 4, a responsabilidade do jogador vai muito além de finalizar uma jogada perto da cesta, passa por realizar bloqueios de modo eficiente, passar a bola com precisão, arremessar de meia distância, além de sair do garrafão para, eventualmente, arriscar uma bola de três.
Aliás, versatilidade é a palavra de ordem para um ala-pivô nos dias de hoje e saber jogar fora do garrafão não é mais algo que torne um jogador da posição 4 tão especial assim. Além de pegar rebotes constantemente, o ala-pivô tem se especializado em dar aquele último passe facilitador, arremessar de fora e até cortar em direção à cesta, aumentando em muito sua gama de ataques.

As outras posições do basquete são o armador posição1) e o pivô (posição 5).


Dicas para estudantes e profissionais que lidam com o Basquete:
Conceitos Técnicos e Táticos do Pick and Roll


Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário