Linguística para Fonoaudiólogos





A linguística estuda a linguagem verbal humana e, portanto, ela possui métodos de aprofundamento para compreender as manifestações da fala.

A observação é uma das metodologias utilizada para analisar as variações linguísticas que acontecem, na maior parte, na linguagem oral em diferentes contextos.

Curso online de Neurolinguística

Isso porque o linguista pretende compreender o porquê e onde ocorrem essas variações em detrimento da norma culta.

Assim, depois da observação minuciosa da língua e dos aspectos da fala, o linguista coleta, organiza e analisa essas informações. E, por fim, se debruça nas teses de estudiosos sobre o tema.

Se você está interessado nessa área, saiba que o estudo da linguística é bem amplo. No entanto, ele está dividido, basicamente, nessas áreas:

  • Fonética, que é o estudo dos sons e da fala;
  • Fonologia, que avalia todos os fonemas;
  • Morfologia, que se destina a formação, classificação, estrutura e flexões das palavras que existem;
  • Sintaxe, que faz uma relação das palavras com outras orações já existentes;
  • Semântica, que se debruça na significação das palavras;
  • Estilística, que é o recurso para tornar a escrita mais elegante ou expressiva.
  • Lexicologia, que é o conjunto de palavras de um idioma;
  • Pragmática, que é a fala usada na comunicação cotidiana;
  • Filologia, que também pode ser considerada a língua estudada através de documentos e escritos antigos.
No Brasil, existem diversas faculdades de linguística. Os linguistas são as pessoas formadas nessa área que investigam a linguagem verbal, suas manifestações, evoluções e gramática. Além disso, eles estudam as línguas e sua relação com outros idiomas.

São várias possibilidades para o profissional da linguística. Dá para analisar e elaborar dicionários. Afinal, você é que terá todo o conceito da língua. Além disso, há vagas para escrever textos de diversos assuntos e publicações em diferentes veículos.

Cursos online de Fonoaudiologia

Também é possível trabalhar na elaboração de material pedagógico em instituições de ensino e no planejamento de projetos de alfabetização. Pensando no contexto multiprofissional, dá para interagir com especialistas em psicologia. Afinal, você é o profissional que estuda os processos que envolvem a linguagem e a mente. Então, conseguirá interagir com esses profissionais da psicologia.

Por fim, ainda poderá atuar em paralelo aos profissionais de informática e pode se dedicar ao desenvolvimento de linguagem artificial.

Outra área de atuação é na inclusão escolar. Dá para fazer uma especialização em Libras, por exemplo, e apoiar instituições de ensino ou mesmo empresas que valorizem esse serviço.

Nas patologias da fala, conforme já referimos, a Lingüística tem contribuído muito, pois são a partir dos seus estudos que o fonoaudiólogo descreve e avalia precisamente os desvios fonológicos e a partir daí traça sua terapia mais adequada e eficaz.

A lingüística tem simplificado e otimizado a descrição exata e a avaliação objetiva de sistemas fonológicos com desvios, contribuindo muito para a atuação do fonoaudiólogo.

O entendimento de lingüística pode oferecer outros subsídios significativos ao tratamento de patologias da fala, a compreensão do processo de comunicação humana e para a aplicação prática no campo da Fonoaudiologia. Os objetivos secundários são proporcionar ao aluno o conhecimento e a reflexão sobre os pressupostos e métodos lingüísticos, levando-o a perceber a linguagem como uma atividade humana passível de análise, pelas variadas concepções que esta pode receber. Assim sendo, é uma ferramenta para fonoaudiólogos para cuidar de desvíos fonológicos.  


Sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo e posso te indicar cursos e ebooks sobre esse assunto.. Entre em contato conosco através do Email, do Whatsapp ou do Messenger

Comente:

Nenhum comentário